ALONGAR X AQUECER

12/03/2019 00:00

Os alongamentos são os exercícios que exigem que o indivíduo permaneça por um determinado tempo em uma postura de forma que o músculo solicitado se mantém em extensão máxima. Estes podem ser intensificados com a ajuda de uma força externa atuante e possuem amplas vantagens para a manutenção de pequenos costumes que podem enriquecer a maneira com o qual deveríamos conduzir nossas rotinas a fim de gozar de uma vida mais saudável.

POSTURA ADEQUADA

Devemos sempre nos conscientizar para estarmos em constante correções dos nossos hábitos mantendo uma postura correta, uma vez que que alongar o corpo regularmente reduz a tensão muscular evitando todo o desconforto que pode surgir decorrente de uma má postura.

MAIOR FLEXIBILIZAÇÃO DO CORPO

Tendo em vista que o alongamento é um dos principais fatores na ajuda da flexibilidade dos músculos, o desempenho nas atividades físicas e diárias passam a ficar melhores resguardando, mantendo e recuperando a elasticidade que geralmente diminui conforme “a idade vem chegando”.

AMPLITUDE DAS ATIVIDADES

Consequentemente, com o ganho de maior flexibilidade, se tem a possibilidade de que os exercícios sejam amplamente duradouros de forma a atingir a meta previamente estabelecida com devido equilíbrio, acrescido da alta qualidade dos movimentos executados durante todo o processo.

APRIMORAMENTO DA CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA

Os alongamentos diários permitem que os fluxos sanguíneos estejam mais ativos de forma a irrigar com maior potencialização os músculos, o que é devidamente importante para a prevenção e recuperação breve de lesões musculares. Isto porque a falta de uma boa circulação sanguínea pode acarretar em diversos problemas de saúde, tais como a presença de varizes, tromboses, entupimentos das artérias, úlceras varicosas, câimbras, baixo libido ou disfunção erétil, queda de cabelo e enfraquecimento das unhas ou até mesmo a baixa capacidade de concentração, dentre outros inúmeros problemas.

CONTRIBUIÇÃO PARA O RELAXAMENTO

Visto que, toda vez ao alongar libera-se em nosso corpo uma sensação de prazer que contribui para o relaxamento, placidez do corpo e também o alívio da tensão muscular, que é na maioria das vezes a principal responsável por dores nas costas, pescoço e cabeça que são os principais proveniente de todo estresse absorvido no dia a dia.

Mas lembre-se o alongamento não deve ser feito antes da prática de musculação, porque os exercícios reduzem a força dos músculos. Além disso, não devem ser realizados até que se tenha a sensação de dor, apenas deve sentir um desconforto para que consiga alongar corretamente o músculo. Salienta-se também o cuidado com os músculos lesionados ou alguma região dolorida de forma a não agravar o problema. Nestes casos, o alongamento deve contar com a ajuda de um profissional de fisioterapia.

O aquecimento envolve preparação do organismo para a prática de exercícios físicos semelhantes aos que vão ser feitos durante o treino, todavia com menor intensidade. Sua execução visa obter o estado ideal psíquico e físico, a preparação cinética e coordenativa que é um passo muito importante e fundamental para ter uma boa performance e sobretudo evitar lesões. Portanto, a atividade é imprescindível e sobretudo devidamente importante que seja realizada de forma ordenada e dirigida a todas as partes do corpo. Apenas desta forma, é de se considerar efetivamente preparado para a realização de qualquer performance que exige posteriormente um maior desgaste físico.

Diferenças entre Alongar e Aquecer

SUBMETER O CORPO A UM ESFORÇO, EXIGE PREPARO PARA MELHORA DO DESEMPENHO

Como já mencionado, o aquecimento prepara o corpo para o esforço e melhora o desempenho, pois ele aumenta a temperatura corporal, influenciando o desenvolvimento da condução dos impulsos nervosos até os músculos e atribuindo a minimização da viscosidade muscular que é resultante no decréscimo do atrito entre as fibras musculares, melhorando por sua vez todo o desempenho.

REDUÇÃO DO RISCO DE LESÕES

Iniciar um exercício de maneira gradativa, diminui os riscos do corpo sofrer com um impacto devidamente agressivo a si próprio. A proposta que o aquecimento evidencia de começar por exercícios levemente moderados, aumenta a liberação de líquido sinoval, que está relacionado com a lubrificação das articulações, possibilitando assim a redução do atrito entre as cartilagens e os ossos, prevendo que o risco de desenvolvimento de lesões sejam menores.

CONSCIÊNCIA CORPORAL

Através do aquecimento, a assimilação do fluxo gradual de exercício físico com menor intensidade é feita de forma natural, sua condução vai preparando mentalmente a pessoa para execução de cada movimento consciente, de modo a atingir um nível superior de concentração a equilibrar a menção de um esforço maior.