O óleo de coco e seus benefícios

18/03/2019 12:00

Tema dos principais debates relacionados à boa saúde nos dias atuais, o óleo de coco que é também conhecido como azeite ou manteiga de coco, é um tipo de óleo vegetal extraído da polpa dos cocos por intermédio da prensagem.

Esse superalimento é um dos óleos mais saudáveis do planeta e os seus inúmeros benefícios vão além do que se tem conhecimento. Sua composição química possui ácidos graxos de cadeia média (triglicerídeos de cadeia média – TCM), que apesar de serem gorduras saturadas, são de fácil metabolização pelo organismo e sofrem menos oxidação tanto no ambiente como no nosso organismo.

Com vasta característica funcional, suas benéficas propriedades têm sido exploradas com abundância em:

  • Antioxidantes;
  • Antifúngico;
  • Antibacteriano;
  • Calmante;
  • Condicionante;
  • Desintoxicante;
  • Emoliente;
  • Hidratante.

O óleo de coco também auxilia em diversos aspectos como:

REDUÇÃO DE GORDURA

Um fato interessante é que ainda que seja composto por gorduras saturadas, o óleo de coco promove a real perda de peso devido à sua composição saudável de ácidos graxos de cadeia média. Estes não atuam na circulação da corrente sanguínea e são prontamente encaminhados para o fígado, aumentando a energia e gerando uma sensação de saciedade, sendo assim interpretados como carboidratos. Por fim, tais compostos não são armazenados como gordura corporal prevalecendo o controle do colesterol e a obesidade.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

Além disso, o óleo de coco está sendo constantemente inserido na suplementação alimentar como auxiliar de dietas em combate e prevenção de doenças como osteoporose, diabetes e Alzheimer, câncer, doenças inflamatórias, vesícula biliar e pancreatite que são simultaneamente tratadas com alopatias.

O óleo contribui para a redução de níveis de colesterol e triglicerídeos evitando riscos cardiovasculares, atenuando doenças da tireoide, má digestão (minimizando úlceras do estômago e a colite ulcerativa) e favorecendo a flora intestinal contra a prisão de ventre.

Ele atua na preservação contra doença das gengivas e a deterioração dos dentes O uso de óleo de coco também beneficia os hormônios, equilibrando-os naturalmente devido a sua ótima fonte de gordura saturada, incluindo o ácido láurico. Estudos descobriram que seu consumo pode ser excelente durante a menopausa e também pode ter efeitos positivos sobre os níveis de estrogênio.

FORTALECIMENTO DA IMUNIDADE

>O óleo é um reagente contra vermes, bactérias e fungos, dado que restabelece a energia roubada por estes agentes, melhorando a absorção dos nutrientes, aumentando todas as defesas do organismo.

Ele melhora também os funcionamentos da memória e do cérebro quando os triglicerídeos de cadeia média (TCM) se transformam em cetonas, podendo atuar como uma fonte alternativa de energia para o seu cérebro.

CORPO E SAÚDE

Presente nos cosméticos, sua extensa capacidade de nutrir constitui uma barreira de proteção capaz de manter a umidade nas camadas mais profundas da pele, contribuindo na manutenção dos tecidos conjuntivos fortes e flexíveis.

Por conter ácidos graxos e lipídeos sua fácil absorção, colabora com a redução de linhas finas, rugas, estrias ou até mesmo a rispidez de peles ressecadas.

E quando opera como emoliente, é eficiente no tratamento de erupções na pele provocados por irritação ou tempo seco.

Contra danos provenientes da radiação solar, o óleo de coco pode oferecer proteção, porém ele nunca deve ser usado como substituto do protetor solar.

Todavia o seu uso regular, tem como função uma espécie de defesa frente aos danos causados pela exposição sem proteção ao sol no dia a dia.

O óleo do mesmo modo, é um coadjuvante na limpeza profunda da pele e do corpo por se desfazer das células mortas que vão se acumulando no dia a dia, precavendo o aparecimento das bactérias da acne.

Nos cabelos torna-se um aliado em termos de nutrição, umectação e hidratação, promovendo ultra maciez entre os fios.

Óleo de coco e seus subprodutos