PIPOCA, ALTERNATIVA EM NUTRIENTES

26/03/2019 00:00

Para quem é amante de pipoca, ao ler esse artigo, terá um motivo extra para se alegrar. E para quem não gosta muito, atente-se, pois, a pipoca é um petisco que além de saboroso, é uma prática e saudável opção que deveríamos passar a adotar em nosso dia a dia.

Um alimento de suma importância longo do tempo para diversas civilizações e também um dos grãos mais cultivados pelo mundo até hoje, o milho enquanto pipoca, surpreendeu recentemente aos estudiosos pelo amplo benefício nele encontrado. Isso porque a pipoca é rica em fibras e polifenóis, que são antioxidantes que atuam em diversas áreas presentes no nosso corpo.

Além disso, o milho é fonte de vitaminas do complexo B, manganês e magnésio, encontrados principalmente na casca. Fonte de minerais como cálcio, sódio, iodo, ferro, zinco, cobre, cobalto, selênio, cádmio, fósforo, vitamina E, e os carotenoides, que são considerados os antioxidantes.

Entretanto, é necessário muito cuidado em seu preparo. Colocar óleo em excesso a torna mais gordurosa, reduzindo seus benefícios.

Muita atenção ao temperar, sal em excesso é prejudicial ao coração e consequentemente à circulação. Os temperos prontos não ficam de fora e os cuidados devem ser redobrados, uma vez que esses condimentos são uma verdadeira bomba de sódio e silicato de alumínio, os famosos “sódicos”.

Não podemos esquecer da grande importância evidenciarmos, que as pipocas de micro-ondas sejam terminantemente cortadas de nossas vidas. Elas são cheias de corantes, conservantes e toxinas e por isso aparecem em um top 10 dos alimentos mais propícios ao desenvolvimento do câncer.

A margarina e a manteiga não são as mais indicadas, pois saturam com maior facilidade e rapidez que o óleo. Se preparadas corretamente, a pipoca se torna uma grande auxiliar na manutenção de nossa saúde.

Pesquisas realizadas atualmente que relatam que a pipoca pode conter mais antioxidante e ser mais eficiente ao sistema imunológico do que muitas frutas e hortaliças.

Nos tópicos abaixo, será possível reconhecer alguns benefícios que certamente farão com que seja incluso o consumo de pipoca em sua rotina;

box de pipocaSISTEMA DIGESTIVO E INTESTINAL

A pipoca é um grão inteiro, pois contém todas fibras, minerais, vitaminas do complexo B e vitamina E. Seu teor de fibras é capaz de manter o corpo regular, induzindo a secreção de sucos digestivos e estimulando movimentos peristálticos. Ambos têm por função manter o sistema digestivo em pleno funcionamento sadio.

CONTENÇÃO DO COLESTEROL

Tais fibras presentes nos cereais, auxiliam na retirada do excesso de colesterol das paredes e dos vasos sanguíneos.

CONTROLE DA DIABETES

Seguramente as fibras presentes no milho, abrangem vasto proveito de modo a fazer com que os sistemas integrados absorvam os carboidratos lentamente, evitando os picos de insulina e impedindo que o organismo desenvolva o quadro de resistência a ela, assim desenvolvendo o diabetes tipo 2.

REDUÇÃO ABDOMINAL

A ingestão do alimento, ajudar ao atuar na minimização do peso. Isso ocorre quando a liberação do “hormônio da fome”, a grelina, é inibida garantindo a sensação de saciedade pela rica presença de fibras e o baixo valor calórico.

DOMÍNIODO EFEITOS DO ENVELHECIMENTO PRECOCE

Os antioxidantes, ajudam a combater os radicais livres, um deles é o chamado estresse oxidativo, que resulta na destruição do colágeno, proteína que dá sustentação à pele, cabelos com brilho, unhas fortes e mantém a boa mobilidade dos ossos tendões e músculos. Em decorrência da perda dessa proteína, o tecido cutâneo perde a firmeza e começa a apresentar rugas e flacidez. Além disso, os polifenóis previnem o surgimento de outros danos como sinais de manchas senis, fraqueza, degeneração celular e queda de cabelo.

PREVENÇÃO E COMBATE

Antes, costumava a ser considerada como uma comida que não apresentava nenhum fator qualitativo, entretanto a pipoca passou a ter grandes recomendações em favor de seus grãos possuírem quantidades de polifenóicos. Dessa forma, a pipoca que contém um dos antioxidantes mais poderosos, contribui para a prevenção e tratamento de doenças degenerativas que costumam a surgir ou se agravar com o avanço da idade como o mal de Parkinson, Alzheimer e alguns tipos de câncer, que também podem ter origem na ação dos radicais livres.

CONSERVAÇÃO DO ORGANISMO

Os polifenóis presentes na casca da pipoca são ilustres antioxidantes naturais, que reagem impedindo a danificação das células vivas.

BOM HUMOR

Fontes de vitaminas do complexo B, um grupo de micronutrientes que participa de diversas funções no organismo, sobretudo do sistema nervoso. Considerando esse fator, a vitamina B1 (timina) evita os efeitos do estresse crônico. Enquanto a vitamina B6, indicadora da serotonina, substância química que atua no cérebro e está relacionada à sensação de bem-estar, favorece o controle da irritação, ansiedade e mau humor.

COOPERAÇÃO PARA O SONO E TRANQUILIDADE NOTURNA

A pipoca é um alimento rico em um aminoácido chamado triptofano, que é um precursor da serotonina. Esta por sua vez, é um neurotransmissor responsável por regular hormônios e funções no organismo, como o sono, humor e o apetite. Em virtude disso, o consumo de pipoca antes de dormir, oferece um estímulo de produção de serotonina com base no triptofano presente em sua composição. O sono passa a se tornar regular, proporcionando uma noite harmônica e de qualidade, podendo até reduzir a insônia.

Sendo assim, a pipoca passa a ser a melhor pedida na hora do lanche. De modo simples e prático, surpreenda familiares e amigos com diversas receitas inusitadas e de diferentes sabores de pipoca!