Tudo sobre Ômega 3 [Guia Completo]

02/04/2020 16:07

O ômega 3 tem ganhado força entre os demais nutrientes.

É o assunto mais falado e desejado por muitos.

Mas você sabe quais são os mitos e verdades?

Muitos o chamam de “gordura do bem”.

E para quem não sabe, ele é uma gordura. Ela começou a ser pesquisada nos anos de 1970, quando estudiosos identificaram um risco menor cardíaco entre esquimós da Groenlândia, cuja a sua dieta era essencialmente de peixes, baleias, focas (fontes naturais da substância).

Sendo assim, de lá para cá, foram atribuídas importantes propriedades ao ômega 3 como resguardar a memória, ajudar na perda de peso, fortalecer o sistema imunológico, afastar alguns tipos de câncer e, principalmente, tornar os ossos mais resistentes.

Um dos benefícios mais clássicos atribuído ao ômega 3 é o combate aos processos inflamatórios, o que serviu de base para o uso no combate de males cardiovasculares.

Com isso, o produto passou a ser oferecido no formato de cápsulas em farmácias, lojas de produtos naturais, na tv e demais mídias.

Porém, até agora, não há certeza de que as capsulas afastem, de fato, um infarto ou derrame.

“Muitos estudos não conseguiram comprovar os achados positivos de trabalhos anteriores”.

Na ciência é assim: um ou outro artigo não gera uma verdade absoluta. Por isso, hoje não se indica a suplementação de ômega 3 como forma de prevenir doenças cardiovasculares.

 

Não é que os nutrientes sejam uma farsa. Mas é que as pesquisas mais detalhadas não identificaram em quais substâncias as pílulas seriam eficientes.

 

O que é o Ômega 3?

Ômega 3 é um tipo de gordura poli-insaturada de cadeia longa que pode ser composta por um dos 3 tipos de ácidos graxos: ácido docosahexaenoico (DHA), ácido alfa-linolênico (ALA) e ácido eicosapentaenoico (EPA).

 

Para que serve o ômega 3?

O ômega 3 é muito indicado pelos nutricionistas e médicos. Isso acontece quando há dificuldade em consumir esses nutrientes no dia a dia.

Ele é ótimo para o coração, age proporcionando grandes benefícios ao sistema cardiovascular. Regulariza as atividades das plaquetas sanguíneas, evitando coágulos no sangue, que podem levar a um AVC ou infarto.

Dentre outros benefícios atribuídos a ele podemos citar a melhora da função cerebral (inclusive em crianças), a prevenção de doenças do coração e câncer, tratamento de obesidade, diabete tipo 2, depressão, melhora do desempenho físico entre outros.

Ele também serve para reduzir níveis de triglicérides do sangue e regula a pressão arterial.

O ômega 3 é capaz de evitar a formação de placas de gorduras na parede das artérias, afastando o risco de doenças como hipertensão, infarto e derrame.

 

Para que serve óleo de peixe ômega 3?

Essa substância tem grandes adeptos, desde os perfis de atletas até as pessoas mais comuns.

A lista de benefícios é vasta e se aplica não só para quem pratica exercícios físicos constantemente.

Alguns profissionais dizem que o impacto é nítido em diversas áreas, ajudam em várias doenças e são indicados para qualquer idade. 

 

Óleo de peixe e ômega 3 são a mesma coisa?

Tudo sobre ômega 3

Eles não são a mesma coisa, só para constar.

Como já sabemos, o ômega 3 é uma gordura boa e pode ser encontrado em diferentes formas, as mais famosas são: EPA, DHA e ALA (que pode se transformar em EPA e DHA). 

O EPA e DHA podem ser encontrados nos peixes, é o ômega 3 de origem animal, mas que também será encontrado na origem vegetal, como é o caso das sementes de linhaça e chia.

 

O que é EPA e DHA?

São dois tipos de ômega 3 que mais fornecem benefícios para a nossa saúde. Eles são gorduras encontradas em peixes de água fria profundas como salmão, sardinha, anchova, cavala, outros.

O peixe de água salgada é mais rico, porque se alimenta de algas, que têm grandes concentrações desses ácidos.

Existe um tipo de ômega 3 bom e outro menos benéfico.

Quando analisados, o bom ômega 3 é um ácido graxo de cadeia longa, o ruim apresenta cadeia curta.

 

Qual a diferença do óleo de peixe para o ômega 3?

Muitas pessoas se confundem e não sabem diferenciar o óleo de peixe do ômega 3.

O óleo de peixe, como o próprio nome indica, é um óleo  de origem animal que é obtido através da extração de algumas espécies de peixe. O ômega 3 está presente neste óleo, porém, nem todos os componentes desse óleo são ômega 3.

Já o ômega 3 é o nutriente propriamente dito que possui todos os benefícios que citamos neste artigo

 

Como consumir o ômega 3?

O ômega 3 é um tipo de gordura que traz grandes benefícios, mas que não é produzido pelo nosso organismo.

Por isso a recomendação para que possamos adaptá-lo em nossa alimentação ou da suplementação.

A ingestão diária que é recomendada de ácidos graxos para uma pessoa adulta oscila entre 1 e 1,6 gramas.

Para atingir os níveis de ômega 3 em nosso organismo, algumas pesquisas apontam que é necessário, pelo menos, o consumo de peixe duas vezes na semana. (Se aplica para quem não possui histórico de doenças cardíacas na família).

É possível que uma alimentação desequilibrada e algumas doenças dificultem ainda mais a sua ingestão.

O consumo excessivo dos fast food, alimentos fritos e carboidratos refinados possuem grandes quantidades de ômega 6 e pequenas ou até nenhuma dose de ômegas 3!

Essas comidas te farão ser alguém muito mais propenso a sofrer carência de gordura saudáveis e aumentando o risco cardiovascular.

As dietas veganas e vegetarianas podem ser equilibradas e bastante saudáveis, mas, as que são baseadas em vegetais possuem quantidade elevadas de ácido graxo (ômega 3 ALA) e poucas quantidades de DHA e EPA.

Alguns especialistas acreditam que o ALA é menos benéfico para a saúde do que o DHA e EPA.

Quais são os alimentos ricos em Ômega 3?

Tudo sobre ômega 3

Os peixes de água fria contêm uma quantidade bastante elevada de gorduras boas, por isso, é aconselhado o consumo delas entre duas a três vezes por semana.

Entre eles estão:

  • Caviar
  • Sardinha
  • Atum
  • Salmão
  • Caranguejo
  • Anchova
  • Sardinhas
  • Ostras

Se por acaso você tirou os produtos de origem animal da sua dieta, você não precisa sofrer carência de gorduras saudáveis. Elas se encontram também em fontes veganas de ômega 3:

  • Feijão preto
  • Semente de linhaça
  • Semente de chia
  • Noz
  • Soja verde

 

Quais tipos de suplementos de ômega 3 existem?

  • Suplementos a base de óleo de peixe natural
  • Suplementos a base de óleo de peixe processado
  • Suplementos a base de óleo de extrato de mexilhão
  • Suplementos a base de óleo de Krill
  • Suplementos a base de extratos de alga

Esses suplementos são encontrados acondicionados em capsulas moles de gelatina.

 

O que é ômega 3 de Krill?

O Krill é um pequeno crustáceo oceânico que possui grandes quantidades de ômega 3 e antioxidantes.

A vida desse animal é bem curta, o que faz com que a quantidade de contaminante que absorve ao longo de sua existência seja bem pouco.

Isso garante com excelência uma ótima opção para sintetizar seu óleo em forma de suplemento.

 

Quanto de ômega 3 devo tomar?

Não existe uma dose certa para essa suplementação.

Mas, se conhece que há um limite inferior (a 250 miligramas) e um limite superior de 3 gramas.

Dependendo de qual seja a sua carência do ômega 3, escolha um suplemento com dose entre esses valores acima.

A maioria das pessoas usam doses entre 250 miligramas e 1 grama ao dia. Procure um profissional para te orientar.

 

Como tomar o ômega 3? Antes ou depois das refeições?

Tome com as refeições principais do seu dia a dia.

Principalmente com alimentos mais gordurosos (como abacate, alimentos à base de azeite de oliva e produtos animais).

A composição gordurosa dos complementos nutricionais de ômega 3 fará com que há absorção desses componentes seja aumentada.

 

Que horas devo tomar ômega 3?

Não existe um horário recomendável para se consumir a suplementação com ômega 3.

Mas de acordo com alguns relatos de pessoas que consumem o produto há mais tempo, afirmam que tomar a noite ajuda no sono.

 

Em quanto tempo vejo os resultados usando o ômega 3?

Os benefícios dos suplementos de ômega 3 aparecem depois de dois a três meses de uso diário e continuo. Seja paciente e persistente.

 

Quanto custa o ômega 3?

O custo benefício para os suplementos de ômega 3, independente de sua origem oscila bastante.

Depende da concentração e qualidade do óleo de peixe utilizado no produto.

Os preços dos suplementos com concentrações mais baixas variam entre R$50 a R$60. Para concentrações mais altas de ômega 3 os valores variam de R$90 a mais de R$120.

Importante

Leia sempre os rótulos e se informe bem sobre o produto que está adquirindo. Hoje em dia existe uma vasta linha de produtos no mercado que garantem a presença do ômega 3, mas com uma menor quantidade de nutrientes do que anunciado no frasco.

Para que serve o ômega 3,6,9?

Tudo sobre ômega 3

Ômega 3

Como já citamos a cima, de todos os graxos essenciais, o ômega 3 é o principal e o mais conhecido. Ele ajuda a melhorar e regular as funções cognitivas.

Previne alguns transtornos neuropsiquiátricos, como o Mal de Alzheimer, a depressão e a ansiedade.

Ele é mais consumido através de capsulas originárias do óleo de peixe.

Ômega 6

Apesar de também ser existente em todas as células do corpo, ele não é produzido pelo organismo. Ele só é ativo quando consumido frequentemente através de alimentos como nozes, óleo de canola ou soja) e suplementos.

Ele age na produção hormonal e ainda proporciona mais resistência e um melhor funcionamento ao sistema imunológico.

Ômega 9

Ele é uma gordura monoinsaturada, é mais simples de ser metabolizado pelo organismo (ao contrário das gorduras saturadas). A sua absorção pelo corpo é mais rápida e muito mais efetiva.

Age também como um anti-inflamatório e te ajuda a prevenir muitas doenças sérias como o câncer. Protege o coração de problemas cardíacos, além de evitar envelhecimento precoce.

Ele costuma ser encontrado em alimentos como azeitonas, óleo de oliva, abacate, amendoim, óleo de canola, amêndoas, entre outros.

Agora que você já conhece os benefícios de cada um, ao juntar os três você terá uma explosão de benefícios.

  • As vantagens de tomar o ômega 3,6 e 9:
  • Ajuda na perda de peso
  • Proporciona saciedade
  • Aumenta a energia
  • Ajuda no aumento do sistema imunológico
  • Melhora a concentração e as funções cerebrais
  • Previne o AVC e infarto
  • Proporciona bem-estar e o bom humor
  • Melhora a pele dando um aspecto de mais saudável
  • Evita doenças na estrutura óssea, como osteoporose
  • Regulariza os níveis de colesterol, reduzindo o colesterol ruim e aumentando o colesterol bom

A junção dos três tipos é recomendada por possuir as quantidades corretas e necessárias de cada ômega que o nosso corpo necessita.

 

Ômega 3 emagrece?

O uso constante de ômega 3 é indicado para pacientes com doenças secundárias a obesidade. Doenças como níveis bastante elevados de inflamação, resistência à insulina, acidente vascular cerebral, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Nessas doenças citadas ele auxilia na perda de peso. Claro, atrelando a boa alimentação, exercícios físicos e rotina saudável.

É comprovado que pessoas que consomem peixe até 5 vezes na semana, tem menos risco de estar acima do peso do que aqueles que consomem quantidades inferiores.

Esses resultados ocorrem com a grande presença de ômega 3 no alimento.

 

Ômega 3 aumenta o colesterol?

Não, ele não aumenta o colesterol!

Pelo contrário, o ômega 3 ajuda a diminuir o colesterol total de LDL (colesterol ruim) e aumenta o HDL (colesterol bom). Ele também pode abaixar os níveis de triglicérides.

 

Qual a melhor marca de Ômega 3?

A melhor marca de ômega 3 possui a certificação de qualidade, de matéria-prima e selos internacionais que comprovam a sua qualidade.

Agora que você já sabe tudo sobre o Ômega 3, inclua-o em sua rotina e aproveite os benefícios. Consulte um profissional e conheça melhor a sua necessidade em relação a essa suplementação.

  • Alta concentração de EPA e DHA, com 60% de ômega 3 por capsula
  • Embalagem opaca que impede a entrada de luz.
  • As melhores marcas vão fazer questão de exibir quanto de ômega 3 possuem em sua dose
  • Evite marcas que colocam apenas o número do ômega 3 em sua embalagem

Conclusão

Tudo sobre ômega 3

Não escolha por impulso. Cada produto tem a sua formulação e qualificação, vai depender da sua necessidade e qual é a melhor opção para você.

Um médico ou um nutricionista podem te ajudar melhor nesta avaliação.

Nós da Fitmoda, nos preocupamos com os nossos leitores e queremos sempre ressaltar a prática de exercícios e o bem-estar. O uso continuo do ômega 3, juntamente com uma nova qualidade de vida, resultarão em ótimos resultados.

Escolha produtos de qualidade para se ter muito mais liberdade dos movimentos. Destaque-se pela energia, evolução e peças que combinam com o seu estilo de vida. Confira agora! E arrase dentro e fora da academia.