Compartilhar

    

Você é o tipo de pessoa que sente muita fome na hora de dormir? Tem o costume de fazer visitas frequentes à cozinha durante a noite? Vamos entender o porquê disso!

Neste texto, iremos abordar a questão da fome noturna de modo a analisar quais são as possíveis causas para este fato, entendendo as formas de desenvolvimento para este problema e identificando qual o melhor tratamento que se adequa ao caso. Leia mais!

As pessoas que geralmente sentem maior vontade de comer durante a noite, seja o que sobrou do jantar ou até mesmo tomar aquele um copão de refrigerante, devem observar atentamente se este é um hábito frequente em suas vidas.

A prática de levantar para fazer um lanche durante a noite, pode até parecer em primeiro olhar inofensiva, entretanto, quando se torna constante é considerada uma causa da Síndrome da Fome Noturna.

O problema consiste em uma alimentação diurna pobre em que há alteração de taxas hormonais como as que regulam apetite, sono e humor.

Ele também tem capacidade para afetar as taxas emocionas que estão voltadas para a ansiedade crescente ao longo do dia, assim como a obesidade e/ou dietas restritivas que prejudicam a saúde.

Diante disso, quando os sintomas já apresentados estão aliados à fraqueza e à fadiga são vistos como resultantes da fome noturna.  

Nota-se que normalmente, à noite, não é realizada uma refeição por completa. O consumo é feito por beliscadas sucessivas.

Logo, é possível associar esta conduta ao motivo que origina a insônia, já que muitas pessoas levantam da cama recorrentemente pra comer e na maioria das vezes não conseguem voltar a dormir com tanta facilidade.

É importante destacar que neste tipo de comportamento, existe uma grande possibilidade de conter compulsão alimentar além da Síndrome da fome, uma vez que um problema se assemelha ao outro.

A compulsão alimentar é definida por um distúrbio caracterizado por uma ingestão em excesso de alimentos em um curto intervalo de tempo, sem que haja a real fome ou necessidade física.

Sendo assim, quando existe esta prática, a pessoa perde totalmente o controle sobre a quantidade e principalmente a qualidade do que se come.

Em ambos os casos, tanto da síndrome quanto da compulsão, a comida funciona como uma espécie de ansiolítico e antidepressivo.

Isto porque estes alimentos consumidos, na maioria das vezes, são ricos em carboidratos e gorduras, além disso, são ingeridos praticamente sem mastigar, muitas vezes às escondidas, reduzindo provisoriamente a ansiedade e sensação de saciedade.

Embora, posteriormente a atitude induz culpa e autodepreciação, obtendo como resultado um círculo vicioso que gera diversos conflitos, acarretando em maiores transtornos.

A principal complicação da Síndrome da fome noturna é o ganho de peso e suas consequências como pressão alta, diabetes, alteração de colesterol, que automaticamente fazem parte da Síndrome metabólica.

     

Quais são as causas da fome noturna?

     

Sentir fome à noite pode ser indício de que algo na alimentação não está sendo feito da maneira correta.

A alimentação inadequada durante a manhã é apontada como uma das principais causas que levam a provocar o vazio no estômago durante a noite.

Por isso, é preciso balancear a alimentação no período diurno, sem pular as refeições, adaptando o cardápio para uma quantidade ideal e que contenha os nutrientes essenciais, que irão defender o bom funcionamento do corpo.  

Manter refeições equilibradas no cotidiano são a garantia de maior e melhor qualidade de vida e dão mais saciedade à fome. Ou seja, comer bem durante o dia, reflete diretamente no apetite à noite.

     

Como evitar comer à noite?

     

Fome Noturna | Fitmoda

     

Um relógio biológico desordenado faz com que seja criado um ciclo vicioso desequilibrado, em que se come muito de madrugada e não tem fome pela manhã.

Assim, pode-se considerar o café da manhã como uma das refeições principais, senão a mais importante do dia.

Especialistas indicam ingerir pela manhã alimentos ricos em triptofano, um aminoácido que é produtor de serotonina, hormônio responsável pelo bom humor.

Nesta lista, também são recomendados a incluir os integrais, pois possuem diferentes fibras, que por sua vez demoram a ser digeridos e, portanto, consomem bem menos energia no processo de digestão.

Tal metodologia, deixa o estomago cheio por mais tempo e contribui para a sensação satisfatória.

Vale lembrar que os carboidratos mais complexos dão mais saciedade e que assim como as fibras e os alimentos ricos em triptofano, não se pode esquecer de adicionar as proteínas e o consumo adequado de água.

Então, caso sinta fome durante a noite, atente-se à alguns pontos para diminuir esse hábito:

     

  • Andou pulando alguma refeição? Quando alguma refeição principal não é feita, o corpo fica com necessidade de nutrientes. (isso não se restringe apenas ao café da manhã)
  • Parou para fazer um lanche intermediário entre o almoço e jantar? Não lanchar à tarde faz com que a pessoa chegue ao jantar com mais fome. (Ressalta-se a importância de comer de 3 em 3 horas)
  • Comeu muito rápido? Comer rápido diminui a sensação de saciedade. (Procure mastigar mais devagar, triturando bem os alimentos e sem fatores de distração; este processo contribuirá para maior contribuição do cérebro da atividade que está sendo exercida pelo corpo, além de ajudar na perda de peso.)
  • As refeições contemplam os grupos alimentares? Proteína, carboidrato e fibras? Refeições completas dão mais saciedade. (busque ajuda de um especialista para adaptar um cardápio de reeducação alimentar que se enquadre na sua rotina.)
  • Atenção ao que é feito em determinado horário! Evite qualquer fator que possa influenciar no sono noturno. (A ingestão de cafeína após às 18h ou atividades físicas logo antes de deitar podem induzir a perda de sono e acabar sendo um precedente para o surgimento da fome; busque ter regularidade de sono e dormir pelo menos 6 horas diárias.)

     

O que acontece com o nosso corpo quando dormimos?

     

Fome Noturna | Fitmoda

     

Ao dormir, o metabolismo também repousa e desta forma, os batimentos cardíacos, a respiração e atividades celulares diminuem, para que o corpo possa recuperar as energias para o dia seguinte.

Durante o descanso o sistema digestivo fica mais lento e no caso de ingestão de comidas mais pesadas à noite, o alimento pode ficar retido no estômago muito mais tempo do que o normal.

 

Quais os exercícios para melhorar o sono?

     

Fome Noturna | Fitmoda

     

Em geral, qualquer tipo de exercício físico tem o poder de combater a insônia e consequentemente, garantir uma melhora na hora de dormir.

Praticar atividades com regularidade ajuda na qualidade do sono. Sendo assim, cerca de alguns minutos por dia de treinos aeróbicos como corrida, pedalada ou mesmo caminhadas já são suficientes para evitar princípios de distúrbios no momento de repouso.

Contudo, a indicação é válida par que os exercícios sejam feitos sempre mais cedo, uma vez que a descarga de substâncias como a adrenalina pouco antes da hora de dormir também pode atrapalhar o descanso noturno.

     

Conte com a Fitmoda para apostar na qualidade dos treinos que irão beneficiar a sua noite de sono!

     

Conclusão

     

Fome Noturna | Fitmoda

     

Embora ainda pouco conhecida, a Síndrome da fome noturna é um problema que acomete muitas pessoas e deve ser identificado e diagnosticado o quanto antes.

Muitas pessoas ainda insistem em priorizar o próprio ego, desviando a atenção e justificando este tipo de comportamento como fuga de problemas emocionais, hormonais ou até mesmo como falta de disciplina alimentar.

É preciso identificar qual a origem do problema, reconhecendo que Síndrome da fome noturna sucede em muitos malefícios à saúde.

Caso haja identificação com os sintomas aqui abordados, procure um especialista seja endocrinologista, nutricionista ou até mesmo uma terapeuta para buscar resolver esta dificuldade, ajustando o que está em desalinho.

 E não se esqueça, quanto mais tarde, mais leve deve ser a refeição!

Pequenas mudanças no estilo de vida podem trazer grandes benefícios, melhorando de forma significante a qualidade de vida!

Gostou desse artigo? Então veja também:

A importância do sono e seus benefícios no corpo humano

O que é termogênico e para que serve?

Queimar calorias: Dicas de exercícios

Como Não Desistir da Dieta: Dicas, Atitudes e Passo a Passo

Compartilhe:

Perguntas e respostas

Artigos Relacionados
Recomendamos para você
Glossário
Segurança
  • Norton Secured
Formas de Pagamento
Credibilidade
Baixe o APP grátis!
Não vai ocupar espaço no seu telefone.
Abrir Whatsapp