Compartilhar

Beber água é fundamental para sobrevivermos. A água tem um papel importante na regularização da temperatura corporal e faz com que o seu organismo funcione direito.

Se hidratar adequadamente é importante para o rendimento físico e para a sua saúde.

Hidratar-se é um dos aspectos cruciais antes, durante e depois de qualquer atividade física ou exercício.

O ideal é ingerir água durante todo o dia, liste isso como meta e faça desta prática um hábito.

Beba no mínimo dois litros de água por dia, isso faz parte da sua necessidade biológica.

Nosso organismo é formado por água e, ao longo do dia, vamos perdendo através da transpiração, da urina, das lágrimas e também das fezes.

Manter o corpo saudável, é manter o corpo hidratado

Importância de manter-se hidratado

A quantidade de água ingerida durante o dia depende muito de pessoa para pessoa.

Isso conta também de acordo com a prática de atividade física que pratica.

Mas consumir 2 litros de água por dia é a recomendação.

A ingestão adequada de água ajuda a melhorar a circulação sanguínea, o funcionamento do intestino e evita, principalmente, problemas nos rins.

Benefícios de beber água

São vários os benefícios que a água traz ao nosso organismo. Dentre eles podemos citar os seguintes:

  • Regula a temperatura corporal;
  • Combate acne, estrias e celulite;
  • Melhora o funcionamento dos rins;
  • Previne o aparecimento de pedras nos rins;
  • Facilita a digestão;
  • Diminui o inchaço;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Ajuda a emagrecer.

 

Vamos ver abaixo com mais detalhes alguns desses benefícios!

Regulação da temperatura corporal

Importância de manter-se hidratado

O corpo produz e libera o calor constantemente.

Com isso, durante a prática de exercícios físicos ou a permanência em locais muito quentes, o corpo tem a sua temperatura elevada, ficando acima de 36,5°C, que é a temperatura corporal média.

Devido a esse aumento da temperatura, nosso corpo utiliza a água presente em nosso organismo para produzir suor e, assim, manter nossa temperatura corporal em níveis normais.

Apesar da regulação da temperatura, é fundamental ressaltar que ao liberar o suor, acontece uma perda excessiva de água.

Sendo assim, caso não tenha uma hidratação constante, esse processo pode levar à conhecida desidratação.

 

Desintoxicação

Manter-se hidratado ajuda a evitar infecções e inflamações, causando a desintoxicação do corpo.

Isso se deve ao fato de que a água ajuda na eliminação de toxinas por meio da urina, das fezes e da transpiração.

E ainda, o consumo diário de água diminui a pressão sanguínea e o risco de ataque cardíaco.

 

Absorção e transporte de nutrientes e oxigênio

Outro importante benefício da água é a sua ajuda nas atividades das células, na digestão, no funcionamento dos rins, entre outras.

Isso porque, manter as células hidratadas é fundamental para uma boa absorção e um eficiente transporte de nutrientes em nosso organismo.

 

Músculos fortes

Assim como a água ajuda com os nutrientes, ela também ajuda a manter o corpo no seu funcionamento normal com energia e muita saúde.

Se você estiver não consumir a quantidade mínima de água que seu corpo precisa, não conseguirá executar suas tarefas diárias e ter o ânimo necessário para evoluir.

Com isso, o consumo correto de água ajuda a manter seus músculos fortes e cheios de energia para enfrentar sua rotina e seus treinos diários na academia ou ao ar livre!

 

Raciocínio rápido e bom humor

Os neurônios também precisam de água, sabia?

Hidratados eles se mantêm ativos, conectados e transmitindo os seus impulsos.

Não permita que eles sofram as consequências da falta do consumo diário de água!

Crie um hábito, beba água e seja beneficiado com esse simples ato!

 

Regulação do intestino e rins

Beber bastante água é uma estratégia ótima para não se ter possíveis problemas de saúde futuros e, principalmente, prevenir o aparecimento de cálculos renais.

Quanto mais liquido os rins filtrarem, menor será a chance da urina concentrar partículas sólidas que, se agrupadas, causam a origem das pedras.

 

Pulmões livres de bactérias

Outro importante benefício do consumo de água é manter os pulmões livres de bactérias.

Ter uma boa umidade nas vias aéreas reduz os riscos de infecções.

Portanto, beba bastante água, mantenha-se hidratado e com pulmões saudáveis e livres de bactérias nocivas à sua saúde.

 

Emagrecimento

Além de todos os benefícios que já citamos, você sabia que beber água ajuda a emagrecer?

Temos que aprender a diferenciar a fome da sede.

Muitas vezes você não está com fome, às vezes, é só um desejo de comer um pouco a mais.

Pode ser que esteja faltando água em seu organismo e o seu corpo está precisando se hidratar.

Faça o teste, sentiu fome? Beba água! E, em seguida, veja o grau da sua saciedade.

Se ficou tudo ok, espere um pouco mais e regularize a sua alimentação.

E ainda, beber água regularmente ajuda a diminuir o inchaço e as retenções de líquido em nosso corpo.

Também permite a diminuição do peso corporal através da eliminação dos líquidos em excesso.

O consumo diário de água também auxilia no controle do apetite e favorece a perda de gordura.

 

Desidratação

Como vimos anteriormente, a água é fundamental para a distribuição de nutrientes, vitaminas, minerais, glicose, oxigênio e outros benefícios para as células.

Quando suamos em excesso, além da perda de água, também perdemos eletrólitos – que são uma combinação de sódio e potássio.

Com isso, fevemos ficar atentos aos sinais de desidratação que nosso corpo nos dá, para que possamos nos hidratar e prevenir todos malefícios que a desidratação traz ao nosso organismo.

Sintomas que você está desidratado

Os sintomas mais comuns da desidratação são os seguintes:

  • Cansaço;
  • Fome ou ganho de peso;
  • Falhas no sistema circulatório;
  • Constipação;
  • Retenção de líquidos;
  • Déficit de atenção e memória;
  • Mau hálito;
  • Baixo desempenho.

 

Perigos da desidratação

De acordo com o médico Dr. Juliano Pimentel, os perigos que a desidratação traz ao nosso corpo são muitos. Dentre eles podemos citar os seguintes:

  • Sede extrema;
  • Irritabilidade;
  • Confusão;
  • Boca extremamente seca;
  • Olhos fundos;
  • Falta de sudorese;
  • Falta de lágrimas;
  • Pouca ou nenhuma micção (emissão de urina);
  • Pressão sanguínea baixa;
  • Batimento cardíaco acelerado;
  • Febre e delírio.

 

Tipos de Desidratação:

Existem 3 tipos de desidratação. São eles:

  • Isotônica: Tipo mais comum de desidratação. Perda de água e sódio em níveis iguais através de vômitos e diarreia.
  • Hipertônica: Quando a proporção de água perdida é maior que a de sódio. Isso acontece muito com pessoas com diabetes. O período de desidratação acontece por diarreia intensa, febre prolongadas, baixa administração de água, hiperglicemia e dietas sem reposições corretas.
  • Hipotônica:  Perda maior de sódio do que de água. É bastante incomum em adultos e idosos. Representa entre 10% a 15% dos casos pediátricos de desidratação por diarreia. O que ocasiona é a má nutrição, uso de diurético sem reposição de sais, entre outros.

 

Causas da Desidratação:

Os fatores que podem acarretar em desidratação são os seguintes:

  • Febre;
  • Vômito, diarreia e aumento da frequência urinária devido à infecção;
  • Urinar em excesso, geralmente relacionado com o diabetes;
  • Incapacidade de ingerir comida e água apropriadamente;
  • Capacidade diminuída para ingerir líquidos;
  • Lesões significativas na pele, como queimaduras ou feridas na boca e doenças de pele graves ou infecções.

 

Fatores de risco

Qualquer pessoa pode ficar desidratada, mas algumas delas estão no grupo com maior fator de risco. São os seguintes:

  • Idosos e pessoas na meia idade;
  • Bebês e crianças;
  • Pessoas com doenças crônicas;
  • Atletas de resistência;
  • Quem vive em grandes altitudes.

 

Tratamento caseiro para desidratação

Se for uma desidratação leve a moderada, você consegue tratá-las de em casa das seguintes maneiras:

  • Beba pequenas quantidades de água;
  • Consuma bebidas isotônicas;
  • Chupe picolés feitos de sucos de frutas e bebidas isotônicas;
  • Chupar cubos de gelo;
  • Ingira líquidos por meio de um canudo.

Se a desidratação aconteceu por exposição ao calor excessivo, faça o seguinte:

  • Remova o excesso de roupas e afrouxe as que não podem ser retiradas;
  • Áreas com ar-condicionado são as melhores para ajudar a temperatura do corpo voltar ao normal e quebrar o ciclo de exposição ao calor;
  • Se o ar condicionado não estiver disponível, aumente o resfriamento por evaporação, colocando a pessoa na sombra. Coloque uma toalha molhada em torno da pessoa;
  • Se possível, use um borrifador para pulverizar água morna em superfícies expostas da pele para ajudar com a perda de calor por evaporação;
  • Evite expor a pele ao frio excessivo, como compressas de gelo ou água gelada. Isso pode fazer com que os vasos sanguíneos da pele se contraiam, reduzindo a perda de calor em vez de aumentar. A exposição ao frio excessivo também pode causar tremores, que irão aumentar a temperatura corporal – causando o efeito oposto.
  • Procure uma emergência. Não deixe de consultar um médico.

 

Como prevenir a desidratação?

Você pode prevenir o surgimento da desidratação tomando estes simples cuidados:

  • Beba bastante água, principalmente, se você estiver em eventos ao ar livre. Atletas e trabalhadores ao ar livre devem repor os líquidos em uma taxa que é igual a perda que têm;
  • Evite exercício e exposição durante os dias de índice de calor intenso;
  • Evite o consumo de álcool, especialmente, quando o clima está quente, uma vez que o álcool aumenta a perda de líquido pela urina;
  • Use roupas de cores claras e soltas e com proteção UV, principalmente, se você estiver ao ar livre no calor
  • Procure sempre uma sombra e refresque-se!

 

Maneiras de se hidratar além da água

Existem outras maneiras de se hidratar além do consumo de água. São elas:

  • Iogurte natural com frutas;
  • Água saborizada e sem açúcar;
  • Sopas e saladas;
  • Chá de camomila;
  • Uvas vermelhas.

Importância de se hidratar durante os exercícios físicos

Importância de manter-se hidratado

É importante se hidratar, antes, durante e depois dos exercícios físicos.

Durante a pratica, a transpiração é excessiva e você elimina entre 1 e 2 litros de líquidos por hora de exercício. Dependendo da intensidade e do exercício, claro.

Assim sendo, o consumo de água em atividades físicas deve se dar da seguinte maneira:

  • Antes do exercício: consuma 500ml de água ou isotônico 2 horas antes do exercício.
  • Durante o exercício: A cada 20 minutos consuma água ou isotônico.
  • Após o exercício: Faça uma refeição rica em carboidrato, e hidrate-se com alguma bebida isotônica.

 

Conclusão

Importância de manter-se hidratado

Cuide da sua saúde, hidrate-se.

Ande sempre com uma garrafinha de água e não se esqueça do poder e dos benefícios que ela oferece.

Agora que você já sabe que a água promove principalmente a hidratação do organismo, não deixe de consumi-la.

A falta de líquido no corpo provocada pelo suor pode causar distúrbios como câimbras, choque térmico, problemas no sistema cardíaco e pode provocar dores de cabeça e até mesmo convulsões.

Faça uma junção da hidratação com look de qualidade que te ajudarão a treinar pesado, tanto na academia, quanto ao ar livre.

Peças com design inovador e com proteção UV facilitarão a sua rotina. Confira aqui na Fitmoda!

Essas são dicas essenciais para a prática saudável de exercícios físicos e melhora do desempenho, com qualidade, boa hidratação e sem complicações.

Compartilhe:

Perguntas e respostas

Artigos Relacionados
Recomendamos para você
Glossário
Segurança
  • Norton Secured
Formas de Pagamento
Credibilidade
Baixe o APP grátis!
Não vai ocupar espaço no seu telefone.
Abrir Whatsapp